Eduardo Prado quer que governo disponibilize tradutores/intérpretes para aulas remotas

O deputado estadual Delegado Eduardo Prado solicitou à Secretaria de Estado da Educação, à Universidade Estadual de Goiás e ao governador Ronaldo Caiado, a disponibilização de tradutores/intérpretes da Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS) para as aulas remotas nas redes de ensino da rede privada, bem como para rede estadual de ensino.

Segundo Prado, é importante considerar a dificuldade enfrentada por alunos portadores de deficiência auditiva para acompanhar as aulas virtuais implementadas pela suspensão das aulas presenciais.

O parlamentar explica que o Estatuto da Pessoa com Deficiência (Lei 13.146/2015) imputa a responsabilidade ao poder público de assegurar sistema educacional inclusivo em todos os níveis e modalidades, visando garantir condições de aprendizagem por meio da oferta de recursos para acessibilidade, promovendo a inclusão plena. “A educação é direito de todos e dever do Estado”, diz Prado.

Veja vídeo de aluna da UEG sobre a falta de tradutors/intérpretes: