Morre Vadão, ex-técnico do Goiás e da seleção brasileira feminina

Morreu nessa segunda-feira (25) o ex-treinador da seleção brasileira feminina, Oswaldo Alvarez, o Vadão, vitima de um câncer no fígado descoberto no começo de 2020.

O último trabalho do importante treinador foi a frente da seleção brasileira feminina na Copa do Mundo de 2019, quando o Brasil foi derrotado pelas francesas, donas da casa, nas oitavas de final.

Ao total, 18 clubes tiveram Vadão como treinador, entre eles o  Goiás, São Paulo, Corinthians, Athletico, Ponte Preta, Guarani, Criciúma, Bahia e Tokyo Verdy, do Japão.

Vadão teve duas passagens pela seleção brasileira feminina. Entre 2014 e 2016, quando disputou as Olimpíadas Rio 2016. Em 2017 ele foi chamado de volta após a saída de Emily Lima. Ele ficou até pouco tempo depois do fim da Copa do Mundo de 2019.