Em mensagem ao zap de Moro, Bolsonaro denuncia INTS, a OS baiana que administra o Hugo e o Hospital de Itumbiara

Em mensagem no zap a Moro publicada pelo jornal Estado de S. Paulo, o presidente Jair Bolsonaro denunciou a OS baiana  INTS, que administra o Hugo com contrato de 48 meses por R$ 712 milhões

A OS também foi selecionado se licitação para adminustrar o Hospital São Marcos, de Itumbiara, com contrato de mais de R$ 50 milhões por seis meses.

A INTS tem sede em Salvador, na Bahia, e já respondeu por problemas na gestão de uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) no município de Serra, no Espírito Santo. Na ocasião, o Tribunal de Contas do Estado condenou a OS a pagar multa por irregularidades em contrato de gestão da unidade.

A representação, proposta pelo Ministério Público do Espírito Santo, e Ministério Público de Contas, condenou a OS a devolver R$ 397,2 mil aos cofres públicos. Foram detectadas em audiroria “despesas estranhas à finalidade do contrato”. Além disso a INTS apresentou “prestação de contas deficiente”.