Bolsonaro foi a churrasco na fazenda de Amado Batista, mas vetou convite a Caiado

O presidente Jair Bolsonaro participou o sábado (30) de churrasco na fazenda do cantor Amado Batista, em Goianápolis. O convite para Caiado participar do evento foi vetado por Bolsonaro.
“Posso chamar o Caiado?”, perguntou Amado ao presidente por telefone.
Bolsonaro respondeu: “Não. Deixa esse cara pra lá”.
Meio deslocado, o  secretário estadual de Indústria, Comércio e Serviços, Wilder Morais, que é compadre do cantor, arrumou uma beira e apareceu no churrasco.