“Conseguimos esse recurso em tempo recorde”, diz Lissuaer durante assinatura da linha de crédito para transportadores escolares

Após participar de diversas reuniões com representantes dos trabalhadores do transporte escolar, Poder Executivo e Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB-GO), o presidente da Assembleia Legislativa de Goiás (Alego), Lissauer Vieira (PSB), testemunhou na manhã desta segunda-feira, 1º, ao lado do governador Ronaldo Caiado e demais autoridades políticas, a assinatura do termo de liberação de R$ 18 milhões em linhas de crédito para profissionais da categoria. Viabilizado em tempo recorde, o recurso será disponibilizado em três parcelas de R$ 3 mil, com juros de 0,8% ao mês e período de carência para pagamento de 12 meses.

Sensibilizado com a realidade financeira dos trabalhadores do setor diante da crise provocada pela pandemia da Covid-19, o chefe do Poder Legislativo ressaltou a importância do recurso para os permissionários da área. “Nós ficamos muito felizes em contribuir para amenizar um pouco as dificuldades financeiras enfrentadas por esses trabalhadores nesse momento. Nós sabemos da luta de todos eles e por isso não medimos esforços, junto ao governo de Goiás, para disponibilizar, em tempo recorder esse recurso e proporcionar pelo menos um pouco de alívio para esses profissionais”, disse Lissauer.

Em seu discurso, o presidente da Alego destacou ainda o comprometimento dos demais parlamentares da Casa para pautar o assunto com responsabilidade e sem ideologias políticas. “Quero aqui também cumprimentar a bancada de deputados estaduais do Legislativo goiano que sempre se preocuparam e discutiram esse tema durante os últimos dias na Alego com muita responsabilidade, não fazendo politicagem barata e não usando das dificuldades das pessoas para se promoverem politicamente”, evidenciou.

Por sua vez, o governador Ronaldo Caiado salientou a atuação da Assembleia Legislativa para a viabilização do recurso. Segundo ele, o Poder Legislativo vem cumprindo um papel fundamental para auxiliar o estado no enfrentamento da crise do coronavírus.  “É muito importante ter, como nós temos hoje, uma Assembleia com a responsabilidade de fazer com que o estado de Goiás atravesse essa pandemia. Aquilo que é parcela de cada um eu quero realçar no meu governo, não existe a figura do governador como sendo o ‘Todo Poderoso’, frisou.

Linha de crédito – A nova linha de crédito do Governo de Goiás vai liberar R$ 18 milhões, por meio do programa Goiás Empreendedor, para o atendimento de dois mil empresários que trabalham com vans e ônibus escolares em todo o estado de Goiás. Serão disponibilizados R$ 9 mil para cada operação, divididos em três parcelas mensais de R$ 3 mil, com 12 meses de carência e 48 meses no total para pagamento, a juros de 0.8% ao mês.

O recurso já pode ser solicitado pelos trabalhadores de Goiânia na sede da Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB-GO), localizada na rua 14, nº 550, Jardim Goiás. Já para os profissionais que atuam no interior do estado, o acesso ao crédito pode ser solicitado através do site da Goiás Fomento (www.goiasfomento.com) ou nas prefeituras credenciadas no programa Banco do Povo.

Publicado em 1.06.2020 às 17:16
Reprodução

Após participar de diversas reuniões com representantes dos trabalhadores do transporte escolar, Poder Executivo e Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB-GO), o presidente da Assembleia Legislativa de Goiás (Alego), Lissauer Vieira (PSB), testemunhou na manhã desta segunda-feira, 1º, ao lado do governador Ronaldo Caiado e demais autoridades políticas, a assinatura do termo de liberação de R$ 18 milhões em linhas de crédito para profissionais da categoria. Viabilizado em tempo recorde, o recurso será disponibilizado em três parcelas de R$ 3 mil, com juros de 0,8% ao mês e período de carência para pagamento de 12 meses.

Sensibilizado com a realidade financeira dos trabalhadores do setor diante da crise provocada pela pandemia da Covid-19, o chefe do Poder Legislativo ressaltou a importância do recurso para os permissionários da área. “Nós ficamos muito felizes em contribuir para amenizar um pouco as dificuldades financeiras enfrentadas por esses trabalhadores nesse momento. Nós sabemos da luta de todos eles e por isso não medimos esforços, junto ao governo de Goiás, para disponibilizar, em tempo recorder esse recurso e proporcionar pelo menos um pouco de alívio para esses profissionais”, disse Lissauer.

Em seu discurso, o presidente da Alego destacou ainda o comprometimento dos demais parlamentares da Casa para pautar o assunto com responsabilidade e sem ideologias políticas. “Quero aqui também cumprimentar a bancada de deputados estaduais do Legislativo goiano que sempre se preocuparam e discutiram esse tema durante os últimos dias na Alego com muita responsabilidade, não fazendo politicagem barata e não usando das dificuldades das pessoas para se promoverem politicamente”, evidenciou.

Por sua vez, o governador Ronaldo Caiado salientou a atuação da Assembleia Legislativa para a viabilização do recurso. Segundo ele, o Poder Legislativo vem cumprindo um papel fundamental para auxiliar o estado no enfrentamento da crise do coronavírus.  “É muito importante ter, como nós temos hoje, uma Assembleia com a responsabilidade de fazer com que o estado de Goiás atravesse essa pandemia. Aquilo que é parcela de cada um eu quero realçar no meu governo, não existe a figura do governador como sendo o ‘Todo Poderoso’, frisou.

Linha de crédito

A nova linha de crédito do Governo de Goiás vai liberar R$ 18 milhões, por meio do programa Goiás Empreendedor, para o atendimento de dois mil empresários que trabalham com vans e ônibus escolares em todo o estado de Goiás. Serão disponibilizados R$ 9 mil para cada operação, divididos em três parcelas mensais de R$ 3 mil, com 12 meses de carência e 48 meses no total para pagamento, a juros de 0.8% ao mês.

O recurso já pode ser solicitado pelos trabalhadores de Goiânia na sede da Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB-GO), localizada na rua 14, nº 550, Jardim Goiás. Já para os profissionais que atuam no interior do estado, o acesso ao crédito pode ser solicitado através do site da Goiás Fomento (www.goiasfomento.com) ou nas prefeituras credenciadas no programa Banco do Povo.