Servidores do Vapt Vupt Cidade Jardim denunciam que colegas contraíram covid-19, mas gerência mantém serviços sem fazer testagem coletiva

Servidores do Vapt Vput da Cidade Jardim denunciam descaso do governo com a saúde de quem lá trabalha e também das pessoas que procuram atendimento na unidade.

Há denúncias de que funcionários estariam sendo coagidos a não falar sobre dois servidores da Secretaria de Segurança Pública que contraíram a covid-19.

Apesar dos dois casos do novo coronavírus, a gerência manteve a normalidade dos serviços sem a testagem dos demais servidores, o que gerou revolta na unidade, além de expor a população a riscos.

Os servidores também reclamam que são obrigados a atender fora shopping sob o sol na parte da manhã, quando ficam expostos de forma desumana pela gerência da unidade.

Quando foi criado, o Vapt Vupt era destacado pelo zelo e excelência dos serviços prestados à população.

No governo Caiado, a qualidade do atendimento da rede de serviços caiu de forma acentuada. O que ocorre na unidade é um mau exemplo e providências urgentes precisam ser tomadas para preservar a saúde dos servidores e garantir condições sanitárias mínimas aos usuários.