Depois de questionamento de Eduardo Prado, governo Caiado retira projeto que restringe colégios militares

O deputado Delegado Eduardo Prado apresentou na última quarta-feira (17) voto em separado no projeto de lei que dispõe sobre as unidades dos colégios da Polícia Militar de Goiás e solicitou, por meio de requerimento, a retirada de tramitação da matéria, visto que o texto precisa ser melhor debatido.

Diante do questionamento do parlamentar, o  governador Ronaldo Caiado recou e retirou o projeto nesta quinta-feira (18). Segundo Prado, dada a importância da propositura, a realização de estudos sobre o tema e a consequente elaboração de emendas com a finalidade de aprimorar o texto é de suma importância.

O objetivo é não extinguir os colégios da Polícia Militar e nem prejudicar municípios que almejam ter unidades. “Tendo em vista a relevância do tema abordado, maiores estudos são necessários”, sublinhou.