Em um ano e meio, calote de Caiado aumentou em 3 bi a dívida de Goiás

A dívida de Goiás com bancos e  União aumentou em R$ 3 bilhões com o calote do governo Caiado.

De julho de 2019 a abril de 2020, o estado deixou de pagar R$ 1,914 bilhão de parcelas da dívida, Até setembro, a soma chegará a R$ 2,85 bilhões, alcançando no final do ano R$ 3, 3 bilhões.

Goiás foi terceiro estado do país que mais precisou de ajuda da União em 2019, atrás apenas do Rio de Janeiro e Minas Gerais,

Tudo se deve à gestão temerária de Caiado, que continua tentando desesperadamente a adesão de Goiás ao Regime de Recuperação Fiscal (RRF), hipótese cada mais mais distante.

Este é o governo incompetente e falido de Caiado, que sobrevive às duras penas graças a liminares precárias do STF.