Justiça inocenta Alexandre Baldy em ação de improbidade administrativa movida pelo MP

O ex-ministro das Cidades, ex-deputado federal por Goiás e atual secretário dos Transportes Metropolitanos do Estado de São Paulo, Alexandre Baldy (PP), foi inocentado da acusação de improbidade administrativa que questionava incentivos fiscais concedidos, em 2011, no âmbito do Programa Produzir a Indústrias que geravam empregos.

A ação foi recebida pela Justiça em outubro de 2019 e foi proposta pela promotora de Justiça, Vilis Marra, da Promotoria de Defesa do Patrimônio Público, em 2014, época que Baldy encerrou sua atuação enquanto Secretário de Indústria e Comércio do Estado de Goiás.

“Sempre respondi com muita transparência a todos os questionamentos sobre essa ação. Mesmo tendo demorado mais de cinco anos para que minha inocência fosse, de fato, comprovada fico muito feliz com a decisão e grato aos que sempre confiaram em meu trabalho e não duvidaram que mais dia, menos dia, o resultado positivo seria proferido ao meu favor”, declarou Baldy por meio de sua assessoria.

Baldy destaca ainda que a morosidade com que aconteceu a tramitação do processo e toda burocracia do sistema é algo que precisa ser modificado para que tenhamos gestores públicos com coragem de enfrentar e realizar o que é necessário, dentro da legalidade e na expectativa da população.