Vereador ligado a ex-prefeita Tatiana Ranna, aliada de Caiado, desrespeita quarentena e promove festa junina em Jussara

A comunidade de Jussara ficou atônita com a festa junina promovida pelo vereador Có do Militão em plena pandemia do novo coronavírus.

Circula nas redes sociais vídeos, fotos e áudios da festança. O próprio vereador, em entrevista à Rádio Vida FM, confirmou o evento junino, que teria  acontecido na residência da família dele na noite de terça-feira (23).

Vizinhos do vereador afirmam que havia um número alto de pessoas no local, que não é tão grande assim. “Tinha aglomeração bem visível”, relatam.

O vereador desrespeitou o decreto municipal  que proíbe a realização deste tipo de evento, além de ir contra todas as orientações dos órgãos competentes de saúde.

De acordo com a legislação vigente, tanto o organizador da festa junina como os convidados podem ser indiciados por crime contra a saúde pública. A pena varia de um mês a um ano de detenção.

A moradora de Jussara Maria Helena Rebouças questiona: “Não é possível que, diante de uma epidemia global, as pessoas tomem atitudes irresponsáveis dessa maneira”.

O fato estaria sendo investigado pela Polícia Civil da cidade.  A Comissão de Ética da Câmara de Vereadores de Jussara também teria instaurado procedimento para apurar quebra de decoro parlamentar do vereador Có do Militão.