Empresa investigada pela força-tarefa do TCU pode ser contratada por R$ 6 milhões pelo governo Caiado

A empresa infotech Informática, que ganhou pregão da Secretaria de Economia para prestar serviços técnicos na área de tecnologia de informaçao, é investigada pela força-tarefa do TCU em razão de contratacão feita pelo Ministério da Saúde (MS).

O contrato com o governo de Goiás é de R$ 6 milhões, mas a licitação ainda não foi homologada. O governo analisa com cautela a contratacnao para evitar eventuais problemas futuros.

De acordo com o TCU, a Infotech foi contratada por R$ 8,6milhões pelo MS para serviços que durariam um ano. A emptesa, contudo, recebeu todo o valor em apenas dois meses, o que levantou suspeitas de que o trabalho não foi realizado ou foi prestado em volume inferior ao atestado e pago, o que caracterizaria superfaturamento de quantitativo.

A Advocacia Geral da União recomendou a não renovação do contrato da Infotech com o MS.

Leia a matéria completa publicada no Portal UOL:

https://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/agencia-estado/2020/06/05/corte-cita-empresa-escolhida-pela-pasta-da-saude.htm