Baixo clero: Kajuru, Vanderlan e Luiz do Carmo não aparecem na lista dos mais influentes do Congresso

Nenhum dos três senadores de Goiás aparece na lista dos “Cabeças” do Congresso Nacional 2020 elaborada pelo Departamento Intersindical de Assessoria Sindical (DIAP).

Jorge Kajuru (Cidadania), Luiz Carlos do Carmo (MDB) e Vanderlan Cardoso (PSD) não ganharam destaque neste primeiro ano e meio de mandato e seguem no baixo clero do Senado.

Os chamandos “Cabeças” do Congresso Nacional são, na definição do DIAP, aqueles parlamentares que conseguem se diferenciar dos demais pelo exercício de todas ou algumas das qualidades e habilidades aqui descritas.

Entre os atributos que caracterizam um protagonista do processo legislativo, destacam-se a capacidade de conduzir debates, negociações, votações, articulações e formulações, seja pelo saber, senso de oportunidade, eficiência na leitura da realidade, que é dinâmica, e, principalmente, facilidade para conceber ideias, constituir posições, elaborar propostas e projetá-las para o centro do debate, liderando sua repercussão e tomada de decisão.

Enfim, é o parlamentar que, isoladamente ou em conjunto com outras forças, é capaz de criar seu papel e o contexto para desempenhá-lo.

Kajuru, Luiz do Carmo e Vanderlan ainda não emplacaram no Senado.