VÍDEO Médico agride transexual com mata-leão em motel de Aparecida de Goiânia

Um médico foi preso após agredir transexual em motel de Aparecida de Goiânia. Segundo a vítima, o suspeito teria ficado nervoso após ela negar-se a praticar um ato sexual que não estava no combinado entre os dois.

A agressão ocorreu quando a travesti se vestia para ir embora. No boletim de ocorrência, consta que o homem pressionou a trans contra a parede e lhe aplicou um golpe conhecido como mata-leão. A vítima teve um corte na região do supercílio.

Em vídeo gravado na porta do Distrito Policial, a vítima conta que o acusado “já tem fama de ser agressivo e é conhecido na BR-153”. O local citado por ela é um ponto onde as garotas de programa atendem seus clientes.

Veja o vídeo:

https://www.facebook.com/watch/?v=298362331517341