Ex-capa da Playboy é presa acusada de tráfico de drogas em rede de prostituição

A Polícia Civil do Espírito Santo prendeu Flávia Tamayo nesta terça-feira (21). A garota ficou conhecida por ter estampado capas de revistas masculinas, como a ‘Playboy‘ e a ‘Sexy‘, além de ter estrelado filmes eróticos.
Tamayo é acusada de fazer parte de uma organização criminosa composta por garotas de programa de luxo, que atuam no Distrito Federal, vendendo e distribuindo drogas, principalmente sintéticas e cocaína.

A Época informa também que a ação faz parte da Operação Rede, realizada em junho deste ano, quando cerca de 200 policiais cumpriram mandados de busca e apreensão e prisão.

O objetivo era desmantelar seis grupos criminosos especializados no tráfico de cocaína e outras drogas sintéticas em Brasília. Desses seis grupos, dois são formados por garotas de programa, que negociavam programas sexuais com uso de drogas.