Defesa de Baldy vai ao STF para revogar decreto de prisão temporária na Lava Jato

A defesa o ex-ministro Alexandre Baldy recorreu ao Supremo Tribunal Federal (STF), nesta sexta-feira (8), para revogar o decreto de prisão temporária na Operação Dardanários, desdobramento da Lava Jato.

Foi protocolado no STF recurso contra a decisão do juiz federal Marcelo Bretas, responsável pela operação no Rio de Janeiro. O teor da recurso não pode ser divulgado devido ao processo correr sob  sigilo de justiça