Justiça autoriza aborto em criança de 10 anos estuprada pelo tio no ES

Metrópolis – A Justiça do Espírito Santo autorizou que a gravidez de uma criança de 10 anos seja interrompida. Ela foi estuprada por um tio, que está foragido. O caso, informado à polícia capixaba no último dia 8, chocou o país e mobilizou a ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, que prometeu ajudar a criança e sua família.
A menina morava com familiares em São Mateus, norte do Espírito Santo. Após um exame apontar a gravidez, a polícia foi acionada e a vítima relatou quatro anos de abusos e ameaças por parte do tio, caso ela contasse a alguém o que sofria.
O suspeito é um homem de 33 anos, que está sendo procurado, mas não teve a identidade divulgada.
A interrupção da gravidez foi autorizada, nessa sexta-feira (14/8), pelo juiz Antônio Moreira Fernades, da Vara da Infância e da Juventude de São Mateus.