Cinco governadores estão na mira do STJ por envolvimento em corrupção, aponta VEJA

A Corte Especial do Superior Tribunal de Justiça (STJ) mira cinco governadores que são alvos de investigação sigilosa do Ministério Público Federal e da Polícia Federal. Os nomes dos gestores estaduais não foram declinados, mas, segundo a revista VEJA, dois deles devem sofrer medidas duras no curto prazo. O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, abriu a porta para a punição de governadores envolvidos em corrupção.