Encruzilhada de Vanderlan no debate: responder sobre abandono do mandato e ter que criticar Iris

Bastou acontecer o primeiro debate desta eleição para que o candidato Vanderlan Cardoso (PSD), um dos favoritos a vencer o pleito, ficasse em situações constrangedoras. No debate da Acieg, na noite de quinta-feira (8), dois pontos colocaram o empresário em situação delicada. Primeiro, o fato de estar abandonando seis anos do mandato de senador para tentar ser prefeito de Goiânia. A outra, a obrigatoriedade de ter que atacar o prefeito Iris Rezende (MDB).

O candidato Virmondes Cruvinel perguntou a Vanderlan se ele iria cumprir o mandato de prefeito por completo, caso fosse eleito. Muitos falam que Vanderlan sonha mesmo em ser governador e 2022 é logo ali.

Lá pelas tantas, Vanderlan também atacou Iris e disse que o prefeito não fez nada pelo polo da moda, que muitas fecharam portas e que a prefeitura deveria ter oferecido vantagens e incentivos aos empresários.

A questão da crítica a Iris é só começo. Vanderlan vai ter que ser crítico da gestão irista, senão sua campanha não faz sentido e seria melhor então apoiar Maguito, esse, sim, aliado de Iris.