Rádio Sucesso: Gustavo Sebba propõe “Cartão Catalão Sem Fome” de R$ 500 reais e esquenta disputa em Catalão

Em entrevista na Rádio Sucesso FM o candidato a prefeito de Catalão pelo PSDB, Gustavo Sebba disse que construiu um plano de governo voltado para o social. “Se for eleito quero realizar o maior programa de Ação Social da história de Catalão” disse o candidato a prefeito Gustavo Sebba, que nesta segunda-feira (19) anunciou em seu plano de governo o Cartão Catalão Sem Fome. “Atualmente na gestão de Adib Elias as pessoas enfrentam filas na cesta básica e no restaurante Cidadão, o plano é acabar com essas filas e implantar cartões de créditos nos benefícios”, disse Gustavo.
A fome é um problema mundial, mas para o candidato a guerra começa nos municípios. O projeto de Gustavo inclui também a capacitação das pessoas desempregadas para o mercado de trabalho. “Nossa equipe vai rastrear as famílias em situação de vulnerabilidade social, o primeiro passo é cadastrar a mãe de família como cuidadora do cartão de crédito, ela vai poder comprar o que quiser e onde quiser, será proibido comprar bebidas alcóolicas e cigarros. Os adultos da família que estão desempregados serão inclusos no programa “Capacitar” da prefeitura, que também será criado em nossa gestão em conexão com a secretaria de Ação Social. No Capacitar nós vamos criar cursos profissionalizantes para pintores, eletricistas, manicures, cabeleireiros, encanadores, informática, chaveiros, marceneiros e assim por diante. A ideia é que a pessoa em três meses saia capacitada para o mercado de trabalho. Aí entra em cena a nossa equipe de rastreamento de empregos, para buscar e oferecer vagas. Quando a família estiver no mercado de trabalho, o cartão será destinado para outras pessoas que também precisam. O Cartão Catalão sem Fome é a porta de saída para quem está precisando de ajuda até para ter o que comer”, concluiu Gustavo Sebba.

 Auxilio Emergencial 
Como o próprio nome já diz, o auxilio emergencial só é utilizado em caso de emergência e custa muito caro. O Brasil vai passar por momentos muito difíceis em 2021 por que gastou muito com o auxilio emergencial. Para o candidato Gustavo Sebba, que também é deputado estadual, a questão do auxilio emergencial proposto pelo candidato Elder Galdino deve ser analisada como muito cuidado. “O Cartão Catalão Sem Fome será criado para as famílias que realmente precisam, e depois de alguns meses, após o programa de capacitação e o retorno da pessoa no mercado de trabalho, o cartão ficará disponível para outras famílias, é um giro. Prometer auxilio emergencial para todo mundo é muito perigoso. A prefeitura é obrigada a gastar 15% do faturamento com a educação, 25% com a saúde, 40% com a folha de pagamento dos servidores, aí vem as despesas para manter a cidade. A conta não fecha. Por isso o fundamental é evitar gastos desnecessários, estancar qualquer tipo de corrupção e investir no social, mas com responsabilidade. Cito por exemplo o Cartão Reforma, vamos criar o Cartão Reforma de R$ 5.000 mil reais, mas não vamos usar o dinheiro da arrecadação da prefeitura. Atualmente temos a lei que destina uma parte dos loteamentos criados em Catalão para a prefeitura. O que vamos fazer? Leiloar essa parte que cabe a prefeitura e com o faturamento do loteamento investir no Cartão Reforma, que será melhor que o antigo Cheque Reforma”, explicou Gustavo.