Diretor de instituto: Maguito tem tendência de subida e eleitor está mais decidido

A segunda rodada da pesquisa Diagnóstico/Sagres mostrou o candidato à Prefeitura de Goiânia pelo MDB, Maguito Vilela, em primeiro lugar, com 30,1% das intenções de votos, seguido por Vanderlan, com 24,8%. Em entrevista ao Manhã Sagres, o diretor do Instituto Diagnóstico Pesquisa, Tiller Belotti Júnior, explicou que, apesar dos candidatos apresentarem variações dentro da margem de erro, pode-se considerar que Maguito, por exemplo, tem tendência de subida.

Faltando três semanas para o primeiro turno das eleições, Tiller afirma que agora o eleitor está mais decidido e isso reflete nas pesquisas, que apresentam mais estabilidade. “O eleitor não está mais trocando de candidato, tem que acontecer alguma coisa, um fato novo, alguma coisa diferente para a gente ver alteração desta pesquisa aqui”. O diretor ainda observa que a eleição será decidida entre os dois primeiros colocados na pesquisa e explica o fenômeno entre os candidatos que não representam, exatamente, uma oposição à atual gestão. Para ele, em função da aprovação de Iris Rezende (MDB) e das intenções de voto que o atual prefeito tinha, enquanto seu nome estava na pesquisa, os candidatos preferem se colocar como continuidade da gestão.

“Isso mexe um pouco com o eleitor, porque quem não gosta da gestão do Iris, fica um pouco perdido com o que vai fazer. Só que, além de ser uma pequena parcela da população, como a gente viu naquela pesquisa, tanto Maguito quanto Vanderlan, principalmente Vanderlan neste caso, eles não têm histórico de união com o Iris muito grande”, detalha Tiller.

(Matéria da Sagres 730)