Candidatos a prefeito de Goiânia manifestam solidariedade a Maguito

Veja matéria do Mais Goiás:

Além do governador Ronaldo Caiado (DEM), diversos candidatos à prefeitura de Goiânia têm manifestado apoio a Maguito Vilela (MDB), que está na UTI com Covid-19 e será transferido para São Paulo, nesta terça-feira (27). Pelo Twitter, Adriana Accorsi (PT) escreveu, nesta data: “Minha sincera oração e torcida para seu pleno restabelecimento e que em breve esteja bem.”

Na segunda-feira (26), Elias Vaz (PSB) também se manifestou. O candidato escreveu no Twitter que ligou para o amigo Daniel Vilela, presidente estadual do MDB e filho de Maguito, para saber notícias. “Estamos na torcida para que ele tenha uma recuperação rápida.”

Também na segunda, o candidato Virmondes Cruvinel (Cidadania), desejou uma boa recuperação a Maguito. “Que Deus dê proteção e saúde. Minha solidariedade aos seus familiares”, escreveu na rede social.

Antes, no domingo (25), Vanderlan Cardoso (PSD) usou o Twitter para também dizer que orava pelo emedenbista. “Continuamos orando pela sua saúde e plena recuperação. Enfrentei essa doença e venci, e tenho certeza que você também saíra dessa. Que Deus lhe dê forças e logo logo estará em casa novamente.”

O Mais Goiás também entrou no perfil de outros candidatos, mas não havia manifestações ao candidato do MDB.

Prefeito de Aparecida
Sucessor de Maguito em Aparecida, o prefeito Gustavo Mendanha (MDB) é próximo dos Vilela. Pelas redes sociais, ele também se manifestou pelo amigo.

“Peço a todos, homens e mulheres de fé, que também possam estender suas orações pela saúde do Maguito e de todos os enfermos da nossa cidade.” Antes disso, o aparecidense cancelou a agenda dele nesta terça-feira, a exemplo do que a coordenação de Maguito também fez.

“Amigos e amigas, em respeito ao atual estado de saúde de Maguito, estou cancelando toda a minha agenda no dia de hoje, inclusive a participação na sabatina da Aciag e no debate da TBC. Fcarei em casa, junto com a minha família, em oração pela sua pronta recuperação.”