Gustavo Mendanha pretende criar banco de alimentos em Aparecida

Caso reeleito, a próxima gestão de Gustavo Mendanha (MDB) em Aparecida focará também no Social. De acordo com o candidato, o projeto é trabalhar em parceria com os governos federal e estadual para garantir que benefícios de programas de transferência de renda cheguem às famílias em situação de vulnerabilidade social, que serão providas também com cestas básicas montadas no Banco de Alimentos Municipal. O Banco é uma central de arrecadação de donativos que Gustavo, candidato majoritário da Coligação Aparecida Com Certeza, pretende implantar. A proposta consta no plano de governo do prefeitável.

O plano de criar o Banco de Alimentos de Aparecida nasce em consonância com a mobilização feita pela Prefeitura durante a quarentena obrigatória por conta da pandemia, para distribuir milhares de cestas básicas às famílias mais afetadas pelos efeitos econômicos da Covid-19. Sob gestão de Gustavo, o município também ofereceu refeições à população moradora de rua. “Essas ações de combate à fome vão continuar na nossa próxima administração, através do Banco de Alimentos de Aparecida. Com o centro de arrecadação de alimentos poderemos não só combater a fome, mas evitar o desperdício de alimentos”, explica o candidato.

Planejando a retomada da economia na cidade após a pandemia da Covid, Gustavo Mendanha assinala no plano de governo o compromisso de desenvolver ainda programas sociais para reintegrar pessoas desempregadas ao mercado de trabalho. Como prefeito, o gestor já deu o pontapé para promover essa reintegração ao implantar neste ano o Sistema Municipal de Empregos (Sime). É uma plataforma da Prefeitura de Aparecida que faz a ponte entre empresas e trabalhadores, anunciando vagas de trabalho e encaminhando os candidatos para entrevista de emprego.