Manu Jacob propõe retirada da estátua do Bandeirante, na avenida Anhanguera

A candidata a prefeita de Goiânia, Manu Jacob (PSOL) pretende retirar a estátua do Bandeirante. “Aqui no cruzamento da avenida Goiás, que inclusive é o nome dos povos de uma tribo indígena, com a avenida Anhanguera, quem triunfa é o Anhanguera, o nome de um bandeirante que escravizou pessoas, que agiu de forma violenta e genocida, inclusive de violência sexual com a comunidade indígena. É disso que estamos tratando, do levante da população negra, dos povos originais, das mulheres em não querer a estátua de um bandeirante que represente uma história de violência, triunfe no Centro da nossa cidade”, explicou ao repórter Samuel Straioto, da Sagres 730.

Manu Jacob sugere como um exemplo para substituir o bandeirante a poetisa Cora Coralina ou Leide das Neves, vítima do Césio 137.