“Como fez no primeiro turno, Vanderlan quer discutir propostas para Goiânia”, afirma Simeyzon

“O presidente metropolitano do PSD, Simeyzon Silveira, afirmou, em entrevista ao programa Falando Sério, da Rádio Interativa FM, que o candidato Vanderlan Cardoso (PSD), assim como fez no primeiro turno, quer discutir propostas para Goiânia. Ele lembrou ainda que, infelizmente, isso não vem acontecendo, já que o vice de Maguito Vilela (MDB), Rogério Cruz, vem sendo escondido pela campanha adversária.

“O que estamos querendo é detectar o nosso real adversário na disputa pela prefeitura de Goiânia. Se é o Rogério Cruz, então é com ele que vamos debater, e não com o filho do candidato, não com a coordenação de campanha. Nós apenas queremos o nosso adversário. Não sendo o Maguito, precisa ser o vice. Ele precisa assumir esse protagonismo e vir discutir a cidade de Goiânia conosco”, salientou.

Simeyzon lembrou ainda que o estado de saúde de Maguito não foi questionado por Vanderlan. “Nós não estamos questionando o estado de saúde do candidato Maguito Vilela, muito pelo contrário, entendemos a gravidade da situação, e temos desde o início orado por ele. Fomos respeitosos a todo momento, com uma campanha totalmente propositiva, não respondemos a nenhum ataque da campanha adversária. O que queremos é que estas divulgações não sejam políticas, apenas queremos que seja expressa a realidade da saúde dele”.

O presidente metropolitano do PSD também falou sobre o fato da campanha adversária esconder alianças reais, com o PT, por exemplo, enquanto tentam mostrar uma que não existe, com o prefeito de Goiânia, Iris Rezende. “Escondem todos os fatos, todas as alianças, e tentam mostrar a parceria com Iris Rezende, que já declarou que não entra na campanha, que não fez uma declaração de apoio a eles. Mesmo assim ficam o tempo todo utilizando imagens antigas, tentando colar a imagem a todo custo, o que já está aborrecendo o prefeito”.

Simeyzon lembrou ainda que, mesmo com o candidato do MDB intubado em um hospital, a campanha de Maguito continua fazendo festa, bandeiraços e carreatas. “A gente fica sem entender essa situação. O nosso tom vai continuar propositivo e respeitoso, como vem acontecendo. Inclusive, na próxima sexta-feira, vamos entrar com diversas propostas na área social, para a retomada da economia de Goiânia e avanços na vida dos goianienses”, finalizou.