Entidade médica diz que divulgação de boletins de Maguito é feita com transparência e repudia críticas de Vanderlan

A Sociedade Goiana de Pneumologia e Tisiologia afirmou, em nota divulgada na manhã deste sábado (21), que a divulgação dos boletins médicos do candidato a prefeito de Goiânia, Maguito Vilela (MDB), ocorreu “dentro da normalidade e com absoluta transparência”.

A entidade médica frisou que a publicidade do estado de saúde de um paciente é prerrogativa da família. A nota é uma resposta às críticas do adversário de Maguito, Vanderlan Cardoso, que vem criticando a divulgação de boletins argumentando que há inconsistência nas informações repassadas.

O senador também apontou que o pneumologista Marcelo Rabahi é quem divulga os boletins, o que seria um erro, conforme o candidato. A Sociedade Goiana de Pneumologia e Tisiologia repudiou as declações e ressaltou a postura ética e qualificação profissional de Rabahi.

A nota é assinada pela médica Karla Cristina de Moraes Arantes Curado, presidente da entidade.

Confira o comunicado na íntegra:

A Sociedade Goiana de Pneumologia e Tisiologia vem a público manifestar repúdio às declarações do senador Vanderlan Cardoso contra nosso associado, o pneumologista Marcelo Rabahi. Professor titular da disciplina de Pneumologia da Universidade Federal de Goiás, membro da Academia Goiana de Medicina e ex-presidente desta entidade, o dr. Marcelo Rabahi é reconhecido na medicina em Goiás e nacional por sua seriedade, postura ética e qualificações profissionais.

Questionar de forma leviana e com objetivos políticos a conduta profissional do professor Rabahi é um comportamento que atinge a todos nós. Divulgar boletim médico é uma prerrogativa da família e, no presente caso, entendemos que tudo foi feito dentro da normalidade e com absoluta transparência, após decisão dos familiares de darem publicidade ao estado de saúde de Maguito Vilela devido às circunstâncias eleitorais.

Reafirmamos que nós, da Sociedade Goiana de Pneumologia e Tisiologia, temos convicção da seriedade, capacidade profissional e conduta ética do dr. Marcelo Rabahi e pedimos respeito a um profissional que tanto contribui para a medicina goiana.

Dra. Karla Cristina de Moraes Arantes Curado