Exclusivo: empresário do cantor Leonardo diz que vai acionar Misael na Justiça por danos e prejuízos morais e financeiros

O cancelamento unilateral do show do cantor Leonardo em Senador Canedo, no Dia dos Pais, vai dar dor de cabeça ao prefeito Misael Oliveira.

Em entrevista ao blog Goiás 24 Horas, Marcelo Goiano, empresário do artista goiano, mostrou-se muito irritado com a atitude de Mizael.

“Ele cancelou sem mais nem menos. Nos deu prejuízos e a outras pessoas também. Quem vai arcar com isso?”.

O empresário conta que já havia contratado gente da cidade para montar o palco, o som, a iluminação e outros detalhes para a realização da apresentação e que isso tem custo, além das passagens aéreas e hospedagem.

O cantor tem um equipe de 44 pessoas que o acompanha, mas lança mão também de prestadores de serviços locais para montar toda a estrutura necessária para o show.

“Perdemos também a data, o Dia dos Pais, em que somos bastante procurados para fazer shows. “Esse prejuízo vai para a conta de quem?”, indaga.

Isso não pode ficar impune, diz ele.

Marcelo afirma ainda que há um dano moral a ser reparado, já que a imagem do cantor foi exposta de maneira negativa, associando-o a uma despesa desnecessária. Ele diz que não é verdade que um show é um desperdício de dinheiro público. “Pagamos impostos municipais e geramos giro de dinheiro na cidade”.

Ele não descarta acionar a Prefeitura na Justiça para reparar os danos morais e financeiros.

A multa estipulada em contrato é de 50% do valor do cachê (R$ 80 mil).

 

LEIA MAIS:

Multa pelo cancelamento de show é de 50% do cachê de Leonardo. Misael vai ter de pagar, pelo menos, 80 mil

Misael contrata show com Leonardo para Dia dos Pais e depois cancela para fazer média com a população

Prefeito Misael não tem dinheiro para Passe Livre, mas vai pagar show de Leonardo