Bolsonarista Gayer pede desculpa e diz que lista sobre secretários do MDB pode ser falsa

Veja matéria do Mais Goiás:

Cerca de 24 horas depois de gravar um vídeo em que anuncia uma lista com supostos nomes já escolhidos para o secretariado de Maguito Vilela (MDB) caso o candidato seja eleito no próximo domingo, o candidato derrotado a prefeito Gustavo Gayer (DC) postou outro vídeo em que admite que a lista “pode ser” falsa.

“Pessoas que entendem muito mais da política de Goiânia do que eu me mostraram alguns detalhes da lista que levam a crer que ela não seja verdadeira”, diz Gayer no vídeo. “Como pessoas indicadas por um determinado partido, sendo que não fazem parte daquele partido. Foram esses detalhes que me levantaram suspeita. Talvez a pessoa que me deu essa informação tenha sido enganada”.

Como já demonstrou já demonstrou o Mais Goiás, há incorreções que denunciam que a lista é falsa. Um dos indicados, o deputado estadual Henrique Arantes, aparece como cota do PTB. Mas Henrique e o PTB estão rompidos desde 2019, ano em que o deputado se filiou ao MDB. O nome do vereador eleito Mauro Rubem é grafado como “Rubens”. O vereador Santana Gomes, que aparece como cota do PDT, pertence na verdade ao PRTB. E o PT aparece com “indicados”, mas o partido já anunciou a decisão de ficar neutro no segundo turno.