Fiscalização da prefeitura constata abusos e, sob escolta policial, apreende mesas e cadeiras do Esquina Mercatto

Com apoio da Guarda Civil Metropolitana e da Rotam, a fiscalização da prefeitura de Goiânia deu uma batida surpresa no botequim Esquina Mercatto e constatou in loco, na noite de sexta-feira (27), uma série de abusos praticados pelo proprietário do estabelcimento e “dono da Rua T-36”, no alto Setor Bueno, Marcelo Manata.

Os fiscais da prefeitura multaram o Esquina Mercatto por obstruir a calçada com mesas e cadeiras, que foram apreendidass e levadas para o depósito público por meio de um caminhão da fiscalização municipal.

Também foi observado que, apesar de advertido, o proprietário do bar não removeu da calçada a cobertura metálica que foi embargada pela prefeitura, o que configura invasão de espaço público e afronta ao Código Municipal de Posturas.

Sob aplausos e panelaço dos moradores de prédios vizinhos, os fiscais ainda encontraram quase uma dezena de irregularidades no funcionamento do botequim e notificaram o estabelecimento para providências imediatas, sob pena de pesadas multas.

Os vizinhos do Esquina Mercatto definitivamte comparam briga contra os abusos do dono do bar e decidiram enfrentá-lo em todas as instâncias. Na próxima segunda-feira, um grupo de moradores protocolará representação no Ministerio Público para que o sossego público e o direito de ir e vir na calçada da Rua T-36 sejam assegurados aos moradores locais.

Ao que parece, os dias de impunidade acabaram para Marcelo Manata.

A conferir.