Daniel critica Vanderlan por agressividade na campanha: “Foi desumano e desrespeitoso”

Na entrevista para a Sagres, na manhã desta segunda-feira, o presidente do MDB, Daniel Vilela, voltou a criticar o tom adotado pela campanha de Vanderlan Cardoso (PSD), o qual taxou de “desumano, irresponsável e desrespeitoso”. Ele diz que ouviu relatos de carros de som por vários bairros com mensagens que dizia que Maguito havia morrido. Além disso, investiga rumores de que houve disparos em massa de WhatsApp que contestavam o estado de saúde do pai.

“Foi uma campanha desumana, que não levou em conta princípios humanos básicos. Mas campanha está superada estamos focando na recuperação do prefeito eleito”, rebate.