Jeferson Rodrigues repudia ataques durante segundo turno das eleições

Primeiro a discursar durante o Pequeno Expediente da sessão ordinária desta terça-feira, 1°, o deputado Jeferson Rodrigues (Republicanos) usou seus cinco minutos na tribuna para repudiar os ataques realizados contra o prefeito eleito por Goiânia, Maguito Vilela (MDB), especialmente durante o segundo turno da campanha.

“Quero agradecer a Deus por ter feito justiça diante de tantas injustiças cometidas. Estou aqui para parabenizar toda a militância 15 de Goiânia, Aparecida de Goiânia e de todo o estado e falar um pouco das injustiças cometidas. Falaram coisas de baixo calão. Dizer que a pessoa morreu [na tentativa de ganhar eleição] é um desrespeito com a pessoa humana”, disse o parlamentar.

Em outro trecho do discurso, Jeferson chamou atenção para a atuação do vereador Rogério Cruz (Republicanos), eleito para o cargo de vice-prefeito de Goiânia na chapa encabeçada por Maguito: “É meu companheiro, foi indicado pelo Republicanos. O atacaram por ser uma liderança da igreja a qual represento, eu sou pastor e qual o problema? Me digam. Lavem a boca antes de atacar a igreja que é a instituição que vai para a guerra, que alimenta as pessoas que sentem fome, que atende àqueles que pensam muitas vezes em tirar a própria vida”, destacou.

Por fim, o deputado destacou que apesar de figurar, agora, na oposição ao Governo, tem “muito respeito” pela figura do governador Ronaldo Caiado (DEM) e sabe que ele jamais aprovaria esse tipo de ataque. Maguito encontra-se internado no Hospital Albert Einsten, em São Paulo, onde se recupera de uma complicação causada pela covid-19.