Ex-vereador Paulo Daher durou menos de uma semana no governo Caiado

O ex-vereador Paulo Daher (PMN) durou menos de uma semana no governo Caiado. Ele foi demitido na tarde desta quinta-feira pelo governador Ronaldo Caiado. Ele havia sido nomeado no início de janeiro para uma assessoria na secretaria de Governo com salário de R$ 10 mil.

A razão da demissão de Daher foi o questionamento feito por ele na Justiça sobre a eleição do prefeito Maguito Vilela (MDB). Em ação judicial, o ex-vereador pede anulação do pleito na capital. Ele alegou falta de capacidade civil de Maguito para o exercício do cargo.

Paulo Daher, que é médico e não conseguiu se reeleger como vereador em Goiânia, é apontado como um político de ideias exóticas. Ele foi autor de um projeto de lei propondo a criação do Dia do Saci Pererê em Goiânia. A proposta acabou rejeitada.