Valentina Jungmann lança pré-candidatura a presidente da OAB Goiás

A conselheira federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Valentina Jungmann, anunciou em suas redes sociais o lançamento de sua pré-candidatura na disputa pela presidência da OAB Goiás. A eleição vai acontecer em novembro deste ano. Valentina quer ser a primeira mulher a presidir a Ordem aqui no Estado. O atual presidente Lúcio Flávio Paiva está no segundo mandato e não disputa o pleito.

Na publicação de Valentina, que faz parte do grupo da atual gestão da OAB-GO, ela destaca sua atuação efetiva no Conselho Federal. Foi dela a proposta que resultou na aprovação do Projeto Paridade Já, pelo CFOAB, que possibilitará uma participação efetiva e proporcional de mulheres nos cargos do Sistema OAB. “Foi uma etapa decisiva na busca de uma sociedade mais inclusiva e igualitária”, frisou a conselheira federal, que é procuradora do Estado de Goiás.

Valentina, que afirmou que vai buscar uma OAB ainda mais próxima da advocacia, é o primeiro nome confirmado para a disputa deste ano, que tem ainda entre as possíveis pré-candidaturas nomes como o vice-presidente da seccional, Thales José Jayme; o secretário-geral Jacó Coelho; o presidente da Caixa de Assistência dos Advogados de Goiás (Casag), Rodolfo Otávio Mota; o diretor da Escola Superior da Advocacia de Goiás, Rafael Lara Martins.

Pela oposição, deve concorrer um nome já conhecido da advocacia goiana: Júlio César Meirelles. Uma figura nova aparece como pré-candidato do grupo opositor, o advogado Pedro Miranda. Pedro Paulo Medeiros, que foi candidato na eleição de 2018, pala chapa Nova Ordem, afirmou recentemente que está fora da disputa este ano.