De olho em 2022, Wilder articula e prepara retorno ao meio político

Veja nota da coluna Poder em Jogo, da jornalista Tainá Borela, no site do Mais Goiás:

A filiação do ex-senador Wilder Morais(PSC) está no radar de pelo menos dois partidos em Goiás, entre eles o Patriota, de Jorcelino Braga, e o PSD, de Vilmar Rocha. O ex-senador e empresário goiano tem no histórico um saldo positivo das campanhas de 2018, quando teve uma votação expressiva como candidato ao Senado, e em 2020, quando foi candidato a vice-prefeito de Goiânia, na chapa do senador Vanderlan Cardoso.

Desde o encerramento das eleições municipais, Wilder se afastou da política local, mas deve retomar as articulações políticas em breve, conversando com lideranças partidárias e cumprindo agenda nos municípios. Somam a favor de Wilder o trânsito com o Palácio do Planalto, ele é amigo próximo do clã Bolsonaro e tem conversas constantes com o presidente da República.

No momento ele preside o PSC em Goiás e desconversa sobre o futuro político e partidário, mas já recebeu o convite formal de Vilmar Rocha, por exemplo, para ingressar no PSD. Em conversas com aliados, Wilder tem confidenciado que a única decisão dele é de participar da eleição de 2022 como player importante, como foi em 2018, pela participação decisiva na eleição do governador Ronaldo Caiado, e em 2020 na campanha em Goiânia.