Goiás que se dane: investimento de Vanderlan em Pernambuco é muita vezes maior que o feito aqui

Como é que um empresário se apresenta como candidato a governador de Goiás, mas direciona o grosso dos seus investimentos para um outro Estado, no caso, Pernambuco?

Essa é a pergunta que Vanderlan Cardoso precisa responder urgentemente.

A fábrica de salgadinhos Mico’s que ele está implantando em Pernambuco é três vezes maior que a que ele tem em Senador Canedo.

Pior: ele se associou a um grupo chinês, a Lifan, e está colocando R$ 90 milhões em Pernambuco, instalando uma fábrica de motocicletas e triciclos na cidade de Caruaru, no agreste pernambucano.

Olha o tamanho da fábrica: Vanderlan e a Lifan, sócios, vão produzir 50 mil motos e minimotos de 50 a 250 cilindradas no primeiro ano de funcionamento, volume que deve subir para 100 mil unidades num prazo de dois a cinco anos. Já os triciclos, de até 200 cilindradas, chegarão a um patamar de 50 mil a 60 mil unidades/ano.

Bom pra Pernambuco.

Por que Vanderlan não quis instalar a sua fábrica, em sociedade com os chineses, em Goiás, onde a Mitsubishi, a Hyundai e a Suzuki, que são muito maiores que a Lifan, fizeram questão de se estabelecer?

No total, Vanderlan está patrocinando investimentos de R$ 120 milhões em Pernambuco. Em Goiás, ele nunca gastou uma fração desse dinheiro.

Uai, Vanderlan: quer ser governador de Goiás ou de Pernambuco?