No Jornal Opção: principal inimigo de Friboi é sua boca. “Quando fala, ele sempre ataca a si próprio”

Veja nota publicada no Jornal Opção sobre Júnior Friboi:

 

Júnior do Friboi trata Iris Rezende mais como adversário do que como aliado

Júnior do Friboi está cada vez mais ousado. Seguindo orientação de um marqueteiro-jornalista, o neopeemedebista decidiu atacar Iris Rezende — e não apenas nos bastidores. A­lém de sugerir que tem peito para enfrentá-lo na convenção, apesar de insinuar que não será necessário, pois será definido candidato antes, Friboi tem insinuado que tem o apoio da maioria dos integrantes do diretório. Di­nheiro tem um peso quase de “santidade” para militantes de um partido que está há quase 16 anos fora do poder.

Não se sabe exatamente por qual motivo Friboi decidiu desafiar Iris abertamente. Ou é muita confiança — seus aliados falam até em intervenção nacional no PMDB goiano para bancá-lo — ou muito desespero. Há quem diga que está ficando fora do páreo, por isso o “en­fren­ta­mento”. Iristas dizem que o principal “inimigo” de Júnior não é Iris, nem Marconi Perillo, e sim sua boca, a palavra. “Quan­do fala, Júnior ataca sempre a si próprio.”

Friboi deveria ler o que disse um publicitário ao Jornal Opção: “O PMDB não ganha com Iris, mas precisa de Iris na campanha, se quiser ter alguma chance”. E com Friboi? “Dificilmente ganhará, porque o eleitor rapidamente perceberá que não tem consistência política e técnica. Repete um discurso pronto, mastigado, mas que parece não ter entendido.”