PT nacional avisa: conquistar Goiás com ou sem PMDB é prioridade para 2014

Tropa de choque do PT goiano, pronta para atropelar PMDB em 2014
Tropa de choque do PT goiano, pronta para atropelar PMDB em 2014 e disputar o governo do Estado

Com base em informações colhidas junto a políticos do alto escalão do diretório nacional do PT, o site Brasil 247 publicou reportagem que relata os planos ambiciosos do partido para 2014. O “pulo do gato” do PT inclui conquistar Estados que hoje são administrados pela oposição, como Paraná e Minas Gerais, além de tomar o governo da mão de aliados no Rio de Janeiro.

Em Goiás, o PT nacional sabe que terá de acotovelar-se com o PMDB de Iris Rezende, mas entende que a briga é válida. Sob a ótica dos petistas, não há momento melhor para conquistar o Palácio das Esmeraldas.

O recado já foi transmitido ao PT goiano, que assimilou a lição e hoje praticamente ignora o acordo tácito feito em 2012, que previa apoio do PMDB a Paulo Garcia em troca de reciprocidade em 2014. Rubens Otoni, Paulo, Marina Sant’Anna, Antonio Gomide e companhia já estão dispostos a atropelar.

Ao mesmo tempo que vê “facilidade” para vencer em Goiás, o PT nacional reconhece que deve perder o comando no Distrito Federal, na Bahia e no Rio Grande do Sul, onde os governadores vão de mal a pior. A projeção de derrotas nestes Estados é um estimulo a mais para conquistar Goiás.

GUERRA COM ALIADOS
A guerra com o PMDB, que se desenha em solo goiano, deve ser reeditada também no Rio de Janeiro. O governador Sérgio Cabral trabalha pela eleição do seu vice, Edson Pezão, enquanto o PT insufla a postulação de Lindbergh Farias.

Em Goiás e no Rio a guerra entre os dois partidos deve ser mais renhida, mas no Rio Grande do Sul ela vai se repetir com José Fogaça e Tarso Genro.

 

Confira reportagem completa no site Brasil 247. Segue o link.

http://www.brasil247.com/pt/247/poder/96311/O-plano-do-PT-para-tomar-“Estados-centrais”-do-PSDB.htm