Segundo Jornal Opção, “Renan diz que PMDB nacional errou ao bancar Júnior Friboi”

Veja nota publicada no Jornal Opção:

Renan Calheiros confidencia que PMDB nacional errou ao bancar Júnior do Friboi

O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB), manteve, na semana passada, uma longa conversa com um político goiano. Depois de ouvir as ponderações do tucano — sim, um parlamentar do PSDB —, Renan admitiu que, ao articular a candidatura de Júnior do Friboi a governador de Goiás, o vice-presidente da República, Michel Temer, e o presidente nacional do PMDB, Valdir Raupp, deram tiros nos próprios pés.

Ao atropelar Iris Rezende, para bancar a filiação de Friboi, o PMDB nacional acabou por enfraquecer o partido e seus pré-candidatos a governador. O líder alagoano frisou que é um equívoco o político de um Estado interferir em outro Estado, especialmente quando se tenta “torpedear” um líder consistente e respeitado como Iris Rezende.

Ao saber que o agronegócio, especialmente os produtores de carne, não apoia Friboi, Renan ficou estupefato. A família do empresário é tida como líder do cartel que puxa o preço da carne para baixo, quebrando os produtores rurais.