Trem da alegria: Assembleia recebe 178 servidores do Estado, com ônus para órgãos de origem

Portaria do secretário da Casa Civil, Vilmar Rocha, publicada no Diário Oficial do Estado do dia 21 de março (nº 21.553), coloca 178 servidores do Estado à disposição da Assembleia Legislativa – todos com ônus para os órgãos de origem, isto é, vão teoricamente “trabalhar” na Assembleia, mas continuar recebendo pelas secretarias, agências e empresas estaduais onde foram nomeados ou contratados.

O número de funcionários “enviados” para a Assembleia é surpreendentemente alto. Dificilmente, no prédio da Casa , existiria espaço para abrigar esse contingente, que estará se somando aos servidores do próprio Poder Legislativo – cujo número também é ignorado e jamais revelado pela direção da Casa.

Segundo o jornalista Altair Tavares, em matéria divulgada no site Diário de Goiás, entre esses 178 servidores estão muitos que atendem a pedidos formulados pelos deputados de oposição – o que poderia inclusive influenciar os votos favoráveis ao governo que estão saindo da bancada de partidos que não participam da base aliada.

 Veja aqui a relação de servidores do Estado que foram colocados à disposição da Assembleia