Enquanto as exportações do país caem, as de Goiás sobem. Esse é o Estado que a oposição quer “mudar”

Mais uma boa notícia para os goianos (e má notícia para a oposição): o saldo da balança comercial de Goiás (compras e vendas no exterior) cresceu em 2013. Em comparação com o saldo do Brasil, que despencou 86%, o resultado é mais um a confirmar o bom desempenho da economia estadual.

Para a oposição, Goiás virou uma “anarquia” e “acabou” e, portanto, é preciso “mudar” tudo no Estado.

Os números da balança comercial goiana em 2013 consolidam uma tendência de crescimento e são os melhores desde o ano 2000.

Segundo o jornal O Popular, em matéria que se destaca como a manchete principal desta quinta-feira, “em números absolutos, as exportações goianas em todo o ano passado fecharam em US$ 7,042 bilhões. Em 2012, o valor comercializado foi US$7,31 bilhões. As importações ficaram em US$ 4,8 bilhões, contra US$ 5,1 bilhões no ano anterior. O saldo da balança, por sua vez, foi finalizado em US$ 2,2 bilhões contra US$ 2,1 bilhões registrados no ano de 2012”.