Filemon: deputados sabiam que presidência da Assembleia virou cabide de empregos

A presidência da Assembleia de Goiás é um cabide de empregos e os deputados sabiam dos cargos criados e da situação da Casa. Quem afirma é o jornalista Filemon Pereira, da Tribuna do Planalto. No Twitter, ele disse que é complicado acreditar no desconhecimento dos parlamentares a respeito dos supersalários.

Filemon acusa os deputados de barganharem cargos na presidência, pois esses têm salários maiores do que os dos gabinetes, que são baixos.

Veja os posts:

Filemon Pereira @filemonpereira

Como os cargos de gabinete são de baixos salários, deputados barganham esses cargos na presidência com salários melhores.

Complicado acreditar que deputados não sabiam dos cargos criados e do cabide de empregos que transformou-se a presidência da AL.