PMDB torce para que Marconi faça mais demissões

O PMDB torce para que o governo de Marconi Perillo exonere milhares de comissionados da administração pública. A informação foi dada em nota no Jornal Opção desta semana.

Os peemedebistas torcem para a demissão coletiva, pois Iris Rezende fez o mesmo na década de 1980 e desagradou profundamente os goianos. O ato de Iris ficou conhecido como “decretão” e o ex-governador ficou marcado para sempre como inimigo número 1 do funcionalismo público.

Exatamente o contrário de Marconi, que sempre valorizou o servidor público e teve a simpatia da classe. A Secretaria de Gestão e Planejamento (Segplan), sob o comando de Giuseppe Vecci (na foto), tem feito uma verdadeira caça aos comissionados. E vai fechar ainda mais o cerco agora em março – inclusive com controle da folha de ponto. A meta é demitir nesta primeira leva 25% dos comissionados.

Deputados da base aliada estão preocupados com o desgaste que isso pode gerar para Marconi. Já pensando na eleição de 2014.