Não sabe ser governo: Caiado diz que após impeachment vai avaliar apoio a Temer

A lua de mel entre o senador Ronaldo Caiado (DEM) e o presidente interino Michel Temer (PMDB) acabou. Não é de hoje que o goiano vem sinalizando que pode romper com o novo governo federal.

Caiado vai esperar a votação definitiva do impeachment de Dilma Rousseff e aí definir sua situação, que hoje sinaliza rompimento com Temer.

“O ajuste fiscal do governo está virando uma encenação. E não admito participar de uma mentira. Se não houver uma mudança de rumo, não tenho motivos para me envolver com o projeto”, afirmou Caiado.