Coloque o cavanhaque de molho, Samuel Belchior: doleiro que participava do esquema de corrupção de fundos municipais de pensão é preso novamente

O doleiro Fayed Antoine Traboulsi, um dos principais envolvidos no esquema que fraudava fundos de pensão municipais, desbaratado pela Operação Miqueias, foi preso novamente hoje em Brasília pela Polícia Federal, acusado de obstruir as investigações.

A Operação Miqueias, em Goiás, chegou a conduzir coercitivamente o então deputado estadual Samuel Belchior, do PMDB, acusado de aliciar prefeitos e funcionários municipais para o esquema, em conluio com a pastinha Luciane Hoepers, também presa na época e posteriormente incluída como uma das denunciadas pelo Ministério Público Federal por participação ativa no golpe.

Samuel Belchior é cotado, hoje, para a equipe de Iris Rezende na Prefeitura de Goiânia.

Gravações telefônicas sob autorização judicial desvendaram o modus operandi da quadrilha e mostraram Samuel Belchior em ação, inclusive buscando atrair o deputado federal Daniel Vilela, outro do PMDB, que poderia abrir para a quadrilha o fundo de pensão da Prefeitura de Aparecida, administrada pelo seu pai, Maguito Vilela.

Causou sensação uma foto em que Luciane Hoepers almoçava, em um restaurante de Brasília, acompanhada por Samuel Belchior e Daniel Vilela.