Contra números não há argumentos: economia goiana, diz O Popular, cresce muito acima da média nacional e chama a atenção do Brasil

“Mesmo com a crise econômica batendo à porta, a economia goiana fechou 2014 com crescimento de 1,9%, quase quatro vezes maiores que o nacional (0,5%)”.

A boa notícia está em O Popular, edição desta terça-feira, acrescentando que, naquele ano, o carro chefe do Produto Interno Bruto de Goiás foi o setor industrial, com crescimento de 2,2%.

Os dados, segundo o jornal, foram divulgados pelo Instituto Mauro Borges de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (IMB), da Secretaria de Gestão e Planejamento (Segplan), e pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Nota do Governo do Estado diz que “a expansão do PIB é resultado direto das políticas de estímulo ao crescimento da gestão do governador Marconi Perillo, com destaque para o Programa de Incentivo à Produção (Produzir), o Programa de Missões Comerciais e os pesados investimentos em infraestrutura e obras civis em 2014, que impactaram o emprego e melhoraram as condições para o crescimento (estradas, pontes, viadutos, escolas, hospitais, entre outras)”.