Para Pampinha, o colunista das mulheres peladas do Diário da Manhã, 2016 vai ficar na história de Goiânia com tristeza: foi o auge da incompetência de Paulo Garcia

O mais lido (e visto) de todos os colunistas da imprensa goiana, Luiz Augusto Pampinha, destila na última página do Diário da Manhã, nesta sexta-feira, toda a sua verve e ironia.

Pampinha enxerga 2016 como um ano destinado a ficar na história de Goiânia: especialmente nas suas semanas finai, a capital vive um clima de tristeza, com as suas ruas de sem um resquício qualquer da tradicional iluminação festiva das épocas natalinas.

Pampinha, que diariamente comenta os buracos (já escreveu que Goiânia pode ser chamada também de Buracolândia) e o rombo financeiro que Paulo Garcia está deixando para o seu sucessor, Iris Rezende,acrescenta que tudo isso se trata mais uma vez da comprovação do que todo mundo já sabe: a incompetência da administração do PT.