Humilhação final: Edilberto Dias, que foi à posse de Iris como representante do fujão Paulo Garcia, não foi sequer chamado para compor a mesa das autoridades

O ex-presidente da Comurg e advogado eleitoral do PT Edilberto Dias foi à posse de Iris Rezende, neste domingo, como representante do prefeito Paulo Garcia – que, como previsto, não apareceu para entregar o cargo, deixando a Prefeitura de Goiânia pela porta dos fundos.

Mas aconteceu o pior: Paulo Garcia sofreu a sua última humilhação, quando o seu representante não foi sequer convidado para compor a mesa de autoridades, assistindo a cerimônia sentado entre a plateia da posse.