Daniel Vilela força a barra para ser fato consumado, mas sua candidato ao governo não empolga o PMDB e desconfiança só aumenta

O caminho para Daniel Vilela (PMDB) se consolidar como candidato do PMDB ao governo do Estado está se mostrando bem mais penoso do que ele imaginava. Não há correspondência por parte dos líderes do partido.

Iris Rezende, Adib Elias, Dona Iris, Ernesto Roller, por exemplo, adotam silêncio e discrição assustadores quanto à candidatura do filho de Maguito. Não há uma declaração forte de apoio ao projeto de Daniel Vilela.

Tanto que as desconfianças só aumentam. O jornalista Vassil Oliveira escreveu que dentro do PMDB, e até do DEM, Daniel é visto como imaturo para disputa do Palácio das Esmeraldas.

O consenso é que o nome mais apropriado é o de Maguito.