Adib, Roller, Iris e Paulo do Vale: este é o quarteto de prefeitos que tira o sono de Danielzinho no PMDB

Além da enxurrada de denúncias relacionadas à operação Lava Jato, o que também tira o sono do deputado federal Daniel Vilela são as manobras do grupo formado por quatro dos cinco mais importantes prefeitos do PMDB: Adib Elias (Catalão), Ernesto Roller (Formosa), Paulo do Vale (Rio Verde) e Iris Rezende (Goiânia).

O quarteto conspira dia e noite para derrubar Danielzinho do comando do PMDB e entregar o partido para o senador Ronaldo Caiado (DEM), pré-candidato a governador. Eles avaliam que, depois das delações, o deputado perdeu todas as condições de concorrer ao Palácio das Esmeraldas em 2018.

Danielzinho, que não esconde a sua vocação para o autoritarismo, elegeu Roller como a sua primeira vítima. Nos próximos dias, deve usar as suas prerrogativas de presidente do PMDB para destituir o prefeito do comando do diretório do partido em Formosa. Será declaração de guerra. Mas Daniel sabe que hoje ele é o lado fraco do disputa.