Hoje envolvidos em escândalos, Temer e Friboi foram peças centrais do PMDB de Goiás em 2010

A edição desta segunda-feira do Diário da Manhã ajuda os leitores do jornal a recordar a forte ligação entre o presidente Michel Temer, o grupo JBS e o PMDB de Goiás, que agora estão sob a lupa do Ministério Público e da Polícia Federal. Em 2010, Temer pavimentou a filiação de Júnior Friboi ao partido e até defendeu a sua candidatura a governador.

“Nos bastidores, fala-se que a proeminência do dinheiro nos planos de Júnior foi o principal motivo do racha no PMDB e do surgimento de setores resistentes à sua candidatura”, diz a reportagem. Faltou dizer que a ala que o apoiava era liderada pelo deputado federal Daniel Vilela e pelo ex-prefeito de Aparecida de Goiânia Maguito Vilela.