Cantagalo colecionadora de fiascos: afundou não só Paulo Garcia, como também Adriana Accorsi em 2016

Dona de privilégios inomináveis na gestão do ex-prefeito Paulo Garcia (PT), a Cantagalo Comunicação, agência do publicitário Renatim Monteiro, tem o currículo manchado não só por ter acabado com a imagem de Paulo (apesar dos milhões que faturou na prefeitura), como também por afundar a campanha da deputada Adriana Accorsi à prefeitura de Goiânia em 2016.

Adriana era aposta do PT, por ser recém-chegada à militância partidária e não estar envolvida nos escândalos e más gestões do partido. Mas Renatim conseguiu envolvê-la neste emaranhado kafkaniano que transformou o PT em massa falida e Adriana chegou à reta final da eleição com menos de 10% dos votos – o pior desempenho que um candidato petista já obteve em Goiânia.

Estes dois episódios já bastam para rotular a Cantagalo como um fiasco em publicidade. Iris fez muito bem em afastá-la do rol de empresas prestadoras de serviço do município (clique aqui para ler reportagem do jornal Opção sobre o afastamento).